+351 268 035 675 | +351 935 563 377 info@fundacaords.org
Equipa Técnica

João G. Pereira

Director Clínico

João G. Pereira é Psicólogo e Psicoterapeuta. Doutorado em Psicologia do Aconselhamento e Psicoterapia pela Universidade de Middlesex e Metanoia Institute em Londres. Membro efetivo com grau de especialista e especialidade avançada da Ordem dos Psicólogos Portugueses.
Com formação de base em psicologia forense, enveredou posteriormente pela psicologia clínica e do aconselhamento. Fez formação pós-graduada em modelos de psicoterapia cognitiva e construtivista no Instituto Mensalus de Barcelona e, mais tarde, formou-se como psicoterapeuta no Reino Unido onde trabalhou vários anos.
Com vasta experiência na área da toxicodependência, trabalhou com jovens e crianças em risco em organizações não-governamentais em Cambridge e em Norwich, e com adultos em tratamento de substituição em clínicas estatais Londrinas. De 2007 a 2013 ganhou experiência no Serviço Nacional de Saúde Britânico (NHS) onde desenvolveu o seu projeto de doutoramento em Mentalization Based Treatment.
Trabalhou com perturbações de saúde mental graves em equipas multi-disciplinares e foi nesta fase que fez formação especializada no Anna Freud Centre e University College London. É psicoterapeuta acreditado pelo United Kingdom Council for Psychotherapy (UKCP), membro“Chartered”da Sociedade Britânica de Psicologia (BPS), acreditado pelo British Psychoanalytic Council como Terapeuta MBT e titular do Certificado Europeu de Psicoterapia da European Association for Psychotherapy (EAP). Foi, durante dois anos, professor auxiliar convidado na Universidade de Évora, tendo também leccionado na University of East London (UEL) e no Metanoia Institute em Londres quem ainda colabora como supervisor de alunos de Doutoramento e Mestrado.
Em Portugal, colaborou como Investigador Pós-Doc no Instituto de Filosofia (IFILNOVA) da Universidade Nova de Lisboa e em vários projetos com ligação à Saúde Mental. É formador no curso de formação teórico-técnico da Sociedade Portuguesa de Grupanálise e Psicoterapia Analítica de Grupo e Membro do Grupo IPHA (International Practice Based Research Network for Personalizing Health Assessment). O seu trabalho foi alvo de publicações em jornais e revistas científicos e apresentado em conferências nacionais e internacionais. É co-editor e autor do livro “Schizophrenia and Common Sense” publicado pela Springer-Nature e do livro “The Neurobiology-Psychotherapy-Pharmacology Intervention Triangle” publicado pela Vernon Press.

Mantém consultório privado desde o ano 2006.

 

Cátia Ribeiro Alves

Coordenadora Técnica / Psicoterapeuta

Licenciada (pré-Bolonha) em Psicologia, ramo de psicologia clínica, pela Universidade de Évora. Membro em formação de especialidade em psicoterapia psicodinâmica na Sociedade Portuguesa de Psicologia Clínica. Membro efectivo da Ordem dos Psicólogos Portugueses, especialista em Psicologia Clínica e da Saúde. Formadora certificada. Com experiencia profissional em contextos diversos, foi colaboradora do projecto NOP “Novas Oportunidades Parentais”, promovido pela “Questão de Equilíbrio” e financiado pela Fundação Calouste Gulbenkian ao abrigo do Programa Crianças e Jovens em Risco. Colaborou como psicóloga de um Lar de Infância e Juventude e ainda num Centro de Apoio Familiar e Aconselhamento Parental. Exerceu também funções de psicologia numa Comunidade Terapêutica para Toxicodependentes em Castro Verde e em diferentes estabelecimentos prisionais no Centro e Sul do País. No campo da investigação, colaborou no Estudo Nacional Sobre “Saúde e Bem-Estar Psicológico” realizado pela Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Nova de Lisboa e Universidade Católica Portuguesa, sob a coordenação da Organização Mundial de Saúde e da Universidade de Harvard. Actualmente em formação em Open Dialogue e Práticas Dialógicas.

 

António Paiva

Médico Psiquiatra

Director Clínico do Departamento de Psiquiatria do Hospital do Barreiro.

Membro da Sociedade Portuguesa de Psicanálise

 

 

 

 

 

Vitor Amorim Rodrigues

Médico Psiquiatra

Licenciatura em Medicina, 1987, pela Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa.
Realizou estágio de formação em Clínica de Perturbações da Personalidade no Mount Sinai Hospital e Personality Disorders Institute em Nova Iorque em 1993.
Obteve o Grau de Especialista em Psiquiatria (Ordem dos Médicos/Ministério da Saúde) em 1994 com a classificação de 19 valores.
Foi Presidente da Direcção da Associação para a Recuperação e Reinserção Social de Toxicodependentes (estatuto de IPSS) de 1997 a 1999.
Direcção Clínica da Comunidade Terapêutica de Lages de Freiria (a cargo da Associação).
Terminou o Mestrado em Filosofia em 1998, com a classificação de Muito Bom, pela Universidade Católica Portuguesa.
Concluiu Pós-graduação em Psiquiatria e Psicologia Forenses em 1999 pelo então Instituto de Medicina Legal de Lisboa.
Obteve o Grau de Consultor em Psiquiatria (Ordem dos Médicos/ Ministério da Saúde) em 2000.
Foi Director do Centro Educativo Navarro de Paiva (Instituto médico-psicológico) do IRS/Ministério da Justiça (2000/2003).
Experiencia (tempo parcial) de psiquiatria prisional desde 1996 e de psiquiatria forense desde 1999 como consultor privado e como perito dos Tribunais (áreas de trabalho, cível e penal).
Membro Fundador e Supervisor da Sociedade Portuguesa de Psicoterapia Existencial tem também formação em Psicoterapia Psicodinamica e Sistémica.
Membro da Sociedade de Psicoterapia Existencial e Psicomaeutica do Rio de Janeiro.
É docente do ISPA desde 1991 e colaborador regular do Departamento de Formação Permanente do ISPA-IU.
Coordena duas acções de formação, em Clínica das Perturbações da Personalidade (10 edições) e Criminologia Clínica (6 edições).
Obteve o Diploma de Estudos Avançados em Psicologia (DEA) na Universidade de Extremadura em Espanha (2010) e acabou a sua Tese de Doutoramento em Psicologia na mesma Universidade (2014) com a classificação Sobressaliente Cum Laude.
Actua nas áreas da psicologia, psicopatologia e psicoterapias fenomenológicas e existenciais. Os actuais interesses de investigação são na área das perturbações da personalidade e psicopatologia criminal.

 

 

Raquel Pedrosa

Médica Psiquiatra

Licenciatura em Medicina, 2006, pela Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP).
Em 2008 realizou a Pós-Graduação em Competências de Comunicação Clínica, pela FMUP.
Tendo sido convidada a integrar a equipa docente da Unidade de Psicologia Médica do Departamento de Neurociências Clínicas e Saúde Mental da FMUP, colaborando no ensino pré e pós-graduado desde 2009.
Realizou o internato de formação específica em Psiquiatria no Centro Hospitalar e Universitário de São João (CHUSJ), e em 2013 obteve grau de especialista em Psiquiatria.
Mantem atividade clínica no CHUSJ, integrada na Unidade de Psiquiatria Comunitária, vocacionada para o tratamento de doenças mentais graves.
Tem desenvolvido e implementado o Programa de Intervenção em Perturbações borderline da personalidade no CHUSJ. Nesse contexto realizou as seguintes formações: Mentalization-Based Treatment: Basic Training, Anna Freud Centre; Workshop em Terapia Metacognitiva Interpessoal nas Perturbações da Personalidade; Basics and Principles of DBT-PTSD – an evidence based treatment for complex PTSD after childhood sexual abuse workshop. British Isles DBT Training.
Formação como Diretora de Psicodrama, pela Sociedade Portuguesa de Psicodrama, com experiência na direção de grupos desde 2010. Desde 2019 responsável pelo gabinete de Psicodrama do Serviço de Psiquiatria do CHUSJ.

 

 

Tatiana Gil Ferreira

Psicóloga Clínica / Psicoterapeuta

Tatiana Gil Ferreira é Psicóloga Clínica/Psicoterapeuta na Casa de Alba. Mestre em Psicologia Clínica, pelo Instituto Superior de Psicologia Aplicada (ISPA) em Lisboa. Membro efetivo da Ordem dos Psicólogos Portugueses. Membro em formação de especialidade em Psicoterapia Fenomenológico-Existencial na Sociedade Portuguesa de Psicoterapia Existencial (SPPE). Realizou Curso Extracurricular em Neuropsicologia Clínica (ISPA) e desenvolveu investimento formativo em Psicoterapia, Psicanálise, Psicossomática, Doença Mental e Comportamentos de Risco. Experiência profissional no âmbito da toxicodependência (ambulatório; comunidade terapêutica – Lisboa). Desenvolveu trabalho clínico em instituições educativas e colaborou com Comissões de Proteção de Crianças e Jovens (CPCJ). Executou prática clínica, em conjunto com uma Clínica Privada, num bairro social em Lisboa. Exerceu funções enquanto psicóloga clinica numa Fundação, inserida num bairro social em Cascais. Também desenvolveu trabalho em Psicologia Comunitária, Intervenção na Crise e colaborou em projetos de Desenvolvimento de Competências Parentais e de Competências Relacionais/Sociais. Exerceu prática clínica em contexto privado. No âmbito de investigação colaborou num estudo em Psicoterapia Breve realizado pelo Núcleo de Investigação em Psicologia Clínica e Psicoterapia – ISPA, Fundação Jerónimo Usera (AJU) e Sociedade Portuguesa de Psicoterapia Existencial (SPPE).

 

Marcelo Azeredo Rodrigo

Psicoterapeuta

É Psicólogo com formação em Psicoterapia (SSSPC/Roma) e tem Doutoramento em Ciências da Educação (UPS/Roma).
Em psicoterapia segue uma abordagem integrativa, no que releva a Análise Transacional. É membro da EATA (European Association for Transactional Analysis).
As suas primeiras experiências profissionais, enquanto Técnico de Saúde Mental, tiveram lugar em Roma e decorreram em Cooperativas Sociais, prestadoras de serviços ao domicílio, em Casas de Acolhimento, Comunidades Terapêuticas e Centros de Dia. Fez, concretamente, acompanhamento de pacientes adultos e adolescentes (2009-2016).
Em 2012, começou a atividade de psicoterapeuta que vem continuando, agora em Lisboa.
Conjugou o referido trabalho de Técnico de Saúde Mental e Psicoterapeuta com outras atividades: docência como Professor Convidado na UPS (Roma), tendo abordado entre vária matéria o mal-estar em contexto da atual modernidade; formação para alunos e professores em instituições de ensino (Liceo Pacinotti-Archimede/Roma, Salesianos de Manique/Alcabideche e  SwingStation/Lisboa); participação em projetos de investigação (UPWEB/Lisboa) e de inclusão social (ESAO/São Vicente de Cabo-Verde e Salesianos de Manique/Alcabideche).
Enfatiza, em leitura contextual, a importância da Psicoterapia como instrumento de capacitação e autonomização.

 

Lídia Conim

Enfermeira Especialista

Lídia Conim é Enfermeira Especialista na Casa de Alba. Enfermeira graduada, a exercer funções desde 1987, especialista em Saúde na Comunidade e com mestrado em Gestão de Unidades de Saúde, pelo Instituto Politécnico de Portalegre, Escola Superior de Saúde. Possui ainda parte curricular do mestrado em Sociologia, pela Universidade de Évora. Actualmente a exercer funções no Centro de Saúde de Estremoz – Serviço de Urgência Básica, possui vasta experiência em cuidados de enfermagem em situação de internamento e de ambulatório, bem como cuidados domiciliários. Trabalhou em vários locais, a saber: Hospital de Santa Cruz (1987-2000), Hospital Egas Moniz (1991-1996); Centro de Saúde de Rio de Mouro (2000-2001) e Centro de Saúde de Estremoz (desde 2001). A sua prática valoriza a enfermagem de proximidade, com enfoque nos utentes e suas famílias, promovendo a autonomia nas actividades de vida diária. Especialmente sensível à área da saúde mental, nos aspectos relacionados com as diferenças (isolamento, segregação, exclusão, depressão), acredita que a sua prática de acompanhamento e vigilância com enfoque no indivíduo, podem fazer a diferença na recuperação e na melhoria das condições de saúde mental da população. Os seus conhecimentos de prática com a Rede Nacional de Cuidados Continuados e os Cuidados de Saúde Primários poderão ser muito benéficos na futura implementação dos Cuidados Continuados em Saúde Mental.

 

Cláudia Pedro

Psicóloga Clínica

Cláudia Pedro é Psicóloga Clínica na Casa de Alba. Mestre em Psicologia Clínica e da Saúde pela Universidade de Évora. Desenvolveu a dissertação de mestrado “Como lidam as pessoas com as crises de saúde? Uma análise das manifestações de coping secundário no twitter, durante uma crise”, estando no momento a escrever um artigo neste âmbito para ser publicado em revistas científicas da área. Realizou o estágio curricular no Departamento de Psiquiatria e Saúde Mental (DPSM) do Hospital do Espírito Santo em Évora onde desenvolveu várias atividades como, acompanhamentos psicológicos, avaliações psicológicas, participação na Unidade de Psicologia da Infância e Adolescência com a realização de acolhimentos, reuniões de equipa no internamento em Psiquiatria com o objetivo de reportar os casos que precisariam de ter continuidade de acompanhamento em ambulatório. No decorrer do estágio começou a utilizar o programa IPPS (Individualited Patient Progress System) apresentando-o à equipa, resultando no interesse de utilização de alguns membros passando assim o DPSM a colaborar com a Universidade de Évora na recolha de dados através destas “Medidas Personalizadas de Monitorização dos Ganhos Terapêuticos”, título da apresentação. Participou recentemente na formação “Saúde Mental – implementação de respostas na comunidade” no Centro Hospitalar Psiquiátrico de Lisboa – Pólo Júlio de Matos.

 

Mariana Martins

Musicoterapeuta

Musicoterapeuta certificada pelo Mestrado de Musicoterapia Avanzada y Aplicaciones da Universidad Autónoma de Madrid.
Trabalha a partir da vertente Nordoff Robins, onde a música integra uma componente terapêutica através da abordagem de que todos os seres humanos possuem em si musicalidade e através dessa musicalidade são trabalhadas necessidades terapêuticas específicas.
Publicou o artigo científico “Propuesta de intervención con Musicoterapia comunitaria para la mejora de la autoestima en adolescentes víctimas de bullying” no livro Investigación y práctica en salud. Nuevos retos en el contexto sanitario, pela editora ASUNIVEP.
Realizou um estágio como Musicoterapeuta na Associación Nuevo Horizonte em Madrid, onde trabalhou com adultos com PEA (Perturbações do Espectro Autista), trabalhou também com grupos de jovens adultos na Casa Montes em Madrid, actualmente desenvolve projectos como Musicoterapeuta em âmbitos escolares, trabalhando assim com crianças com necessidades especiais, com dificuldades de desenvolvimento cognitivo e psicomotor, assim como trabalha com adultos que apresentam bloqueios emocionais e psicológicos.

 

 

Jéssica Nunes

Psicomotricista

Jéssica Nunes é Psicomotricista na Casa de Alba. Licenciada em Reabilitação Psicomotora pela Universidade de Évora. Realizou estágio curricular (2014) no Instituto do Conhecimento Relacional e da Psicomotricidade (INCORP) onde acompanhou crianças com perturbações na área da saúde mental e as suas famílias e no Centro de Reformados, Idosos e Pensionistas de S. Sebastião (Setúbal), no âmbito preventivo e reabilitativo. Desempenhou funções de monitora na Unidade de Vida Protegida da Associação de Reabilitação e Integração Ajuda e na Casa de Saúde do Telhal (intervenção transdisciplinar em reabilitação psicossocial).
Participou no European Forum of Psychomotricity que decorreu na Holanda (2013). Lecionou aulas no âmbito da Licenciatura em Reabilitação Psicomotora a convite da Universidade de Évora nas unidades curriculares de Psicopatologia e Expressão Psicomotora e Psicologia da Saúde. Apresentou nos seminários da Casa de Alba “Do corpo vivido ao corpo representado”. Frequenta o Mestrado em Psicomotricidade Relacional na Universidade de Évora, estando a desenvolver a dissertação de mestrado “Impacto de um programa de relaxação em saúde mental de adultos em contexto de comunidade terapêutica”.

 

 

Diogo JaneiroDiogo Janeiro

Assistente Social

Diogo Janeiro é Assistente Social da Casa de Alba. Licenciado em Investigação Social Aplicada e Pós-Graduado em Segurança e Higiene e Saúde no Trabalho.
Exerceu funções na Cercimb (Cooperativa dos Cidadãos Inadaptados da Moita e do Barreiro), como Técnico Superior de Serviço Social, tendo trabalhado com deficientes e jovens em risco.
Exerceu funções na Câmara Municipal de Monforte, como Técnico Superior de Sociologia, tendo sido responsávél por um Projeto Transnacional Equal, que procurava ajudar os mais desfavorecidos, procurando integrá-los no mercado de trabalho e/ou na criação do auto-emprego.
Exerceu funções de Formador externo para várias empresas, quer públicas quer privadas, tendo contactado com diversos públicos alvo.
Exerceu funções de Técnico de RVCC do CNO, tendo acompanhado processos de equivalência ao ensino Básico e Secundário.
Exerceu funções novamente na Câmara Municipal de Monforte, onde colaborou no Programa Comunitário de Entrega de Géneros Alimentares a Carenciados (PCAAC), Cartão Municipal do Idoso.
Foi colaborador da Câmara Municipal de Sousel, onde exerçeu funções no Gabinete de Ação Social, participando nos vários projetos implementados. (Universidade Senior, Loja Social, Oficina da Memória, Movimento Gente Grande em Grande), atualização do Diagnóstico Social, entre outros projetos.
Foi colaborador na equipa Técnica do Centro Humanitário da Cruz Vermelha de Évora, tendo participado nas várias respostas promovidas pela instituição, tais como: Serviço de Teleassistência, Serviço de Apoio Domiciliario, Atendimento e Acompanhamento Social, Entrega de Géneros Alimentares, Refeitório Social.

 

 

Nélia VasconcelosNélia Vasconcelos

Psicóloga Júnior

Nélia Vasconcelos é Psicóloga Júnior na Casa de Alba, da Fundação Romão de Sousa. Mestre em Psicologia Clínica (2017), pela Universidade de Évora. Durante a formação académica, foi Vice-Presidente do Núcleo de Estudantes de Psicologia (NEPUÉ), da Universidade de Évora e colaborou ativamente no Laboratório de Psicologia.
Realizou o estágio curricular no Departamento de Psiquiatria e Saúde Mental (DPSM) do Hospital Espírito Santo, em Évora, onde o público alvo foram crianças e adolescentes. Realizou consultas de avaliação, entrevistas familiares, atividades nos grupos terapêuticos e acompanhamento de casos clínicos.
Desenvolveu a sua dissertação de mestrado “Stresse em Profissionais de saúde: intervenção em enfermeiros”, sendo implementado um projeto de gestão do stresse, aplicado às enfermeiras do Hospital Espírito Santo, em Évora. Teve como objetivo contribuir para a melhoria da qualidade de vida dos enfermeiros, dotando-os de ferramentas para diminuir ou suprimir os níveis de stresse e em consequência adquirirem competências para lidar com os problemas do quotidiano de um modo mais adequado.